/O valor da limpeza
o valor da limpeza

O valor da limpeza

O valor destinados à limpeza de uma empresa, normalmente, pertence ao centro de custo. Ou seja, o dinheiro destinado à compra de produtos que limpam e desinfetam os ambientes, sabonetes para funcionários e clientes, papéis sanitários, entre outros, são considerados “gasto” e não “investimento”.

Podemos afirmar, com forte embasamento através de números, que essa visão está ultrapassada: todo empresário deve pensar na limpeza de seu negócio como uma forma de aprimorar sua imagem para seus empregados e clientes, promovendo saúde e bem estar e aumentando seus lucros.

A seguir, alguns números que mostram o por que o valor da limpeza ser considerada um investimento, e não um custo:

 – Um ambiente de trabalho limpo reduz em até 80% a probabilidade de um funcionário pegar gripes ou resfriados. Sintomas dessas doenças diminuem as habilidades cognitivas e a performance dos funcionários;

 – A limpeza adequada reduz a contaminação por vírus de superfícies do local de trabalho em até 62%. Faltas não planejadas por conta de doenças causadas por vírus afetam o ambiente de trabalho. Com 54% de baixa de produtividades dos colegas não doentes e queda de até 39% das vendas.

– Redução de 46% de absenteísmo por conta da limpeza. Funcionários doentes são caros às empresas: nos Estados Unidos, 7 dias doentes/empregado causam um custo de quase $225 bilhões por ano.

Inegavelmente além dos custos com os próprios funcionários, o empresário precisa pensar na imagem que ele passa ao seu cliente. De acordo com pesquisas, 94% das pessoas não voltariam a um negócio se este estivesse com os banheiros sujos. Portanto, manter uma empresa limpa não pode ser considerado um gasto, afinal esta ação gera lucro ao empresário, tanto pela boa impressão que passa aos clientes quanto à boa qualidade de vida que ele oferece aos seus funcionários.

Certamente deve-se dar atenção especial aos ambientes que são compartilhados nas empresas, como banheiros e restaurantes. Além das mesas de trabalho, teclados de computadores, telefones e torneiras é importante também realizar um bom treinamento das pessoas que executam a limpeza e também estimular aos bons hábitos por parte dos funcionários.

Por fim, empresário, lembre-se: funcionário doente é um prejuízo desnecessário, principalmente quando se pode evitar isso com medidas simples, tal como investir em uma limpeza adequada e eficiente. Lembre-se disso e promova a saúde e melhora de seus lucros!

FONTES: