/Limpeza Profissional – Dicas para aumentar a produtividade
Limpeza profissional

Limpeza Profissional – Dicas para aumentar a produtividade

Produtividade é um termo bastante utilizado em muitas áreas profissionais e costuma fazer parte da pautas de diversas reuniões e planejamentos em empresas.

De acordo com o dicionário Michaelis, esta palavra significa “rendimento de atividade econômica em função de tempo, área, capital, pessoa e outros fatores de produção”. Ou seja, tudo o que pode ser feito em menor tempo ou com menor custo, sem queda de qualidade.

Inegavelmente, o segmento da área de Limpeza Profissional têm crescido nos últimos anos e, seguindo a tendência de mercado, um número incontável de melhorias e tecnologias vêm sendo agregadas ao seu “fazer”, de modo a aumentar a produtividade do funcionário que presta este serviço.

Em suma, a taxa de melhora da produtividade na Limpeza Profissional está literalmente ligada à utilização de ferramentas que ajudam na aplicação de produtos químicos. Sendo assim, contribui para um menor esforço físico por parte da pessoa que pratica a atividade.

Certamente rodos profissionais, mops, limpadores de vidro e de piso são alguns exemplos das ferramentas que o mercado de Limpeza Profissional utiliza para ter a sua produtividade aumentada. Além, é claro, de gerar uma maior economia às empresas contratante e contratada.

A melhora da produtividade pode ser reconhecida pela limpeza profissional

– Menor tempo utilizado para limpar diversas áreas;

– Diminuição do número de afastamentos por doenças como dores nas costas na coluna, tendinite, LER (Lesão por Esforço Repetitivo)

– Diminuição de resíduos como tecido e papel, utilização de água e produtos químicos;

–  Melhor qualidade do trabalho.

Para dar um exemplo atual, no ambiente de desinfecção hospitalar, existem modos de realizar as limpezas técnicas, que chegam a reduzir em 30% o tempo destinado ao trabalho. Do mesmo modo, pode haver um aumento na eficácia em até 90% em relação a queda das unidades formadoras de colônias, ou seja, população de bactérias neste ambiente.

Não se engane acreditando que a limpeza amadora pode suprir as necessidades de sua empresa quanto à higienização e custo reduzido.

Em conclusão, treinamento de pessoal, ferramentas adequadas e produtos específicos são essenciais para a qualidade e produtividade da atividade de limpeza. Algumas empresas especializadas oferecem em seus serviços já esses treinamento para maximizar a produtividade e lucratividade da empresa e, ao mesmo tempo, capacitando os profissionais para exercerem as atividades corretamente.

FONTES